26 setembro 2010

A nova Igreja é uma obra que dignifica a cidade do Cubal e A Cidade do Cubal está mais pobre. - artigo extraído do Semanário Sul


Foto 1 - Página do "Semanário Sul"

Para melhor leitura, transcreve-se o texto da Foto 1, gentilmente cedida  pela Ana Catarina Monteiro (Narciso), que daqui saúdo e agradeço pela excelente colaboração que presta ao nosso blog. Para além desta página a Ana Catarina remete-nos outros excelentes testemunhos históricos da Cidade do Cubal, que aqui irei publicar, quando efectuar o respectivo tratamento (imagem e texto).
Efectuei também o destaque dos anunciantes que boa memória nos trazem. Como calcularão o anúncio do meu pai (na foto 5) trouxe-me à memória algo que não consigo descrever pela alegria enorme que senti e que os meus pais irão recordar com saudade. 
Obrigado Catarina. Ruca
**
A nova Igreja é uma obra que dignifica a cidade do Cubal
Foto 2
Igreja em Construção
O grande imóvel que é já a nova Igreja do Cubal, vem preencher mais uma importante lacuna até aqui existente na vida da cidade.
A garra com que grande número da população se lançou ao empreendimento está ali bem vincada, com o moderno e funcional edifício que é a nova igreja.
Abordamos o grande mentor da obra, o Padre José de Jesus Soares Ribeiro, e à queima-roupa, perguntámos-lhe:
A quanto monta a obra ? — Cerca de 3,000 contos — respondeu-nos.
E prosseguindo perguntámos mais: Considera pronta a 1ª fase e a segunda adiantada?
— Sim está quase completa a segunda fase, pois falta só a cobertura interior, os vitrais e mármores. Espero que a torre fique definitivamente concluída, dentro de 30 dias.
— Quando espera começar a utilizar a nova Igreja?
— Nos princípios do próximo ano, ou seja logo que sejam colocados os vitrais, que ficarão representando dezasseis cenas bíblicas, desde a Árvore da Vida até à descida do Espírito Santo, tudo em vidro a cores.
— Quanto já gastou?
— À volta de 1.200 contos em dinheiro e cerca de 600 contos em materiais oferecidos.
— Diga-nos, Padre José. Qual a capacidade do templo e qual a altura máxima da torre ?
— O templo está calculado para albergar à volta de 1,500 pessoas, e a torre ficará com o miradouro de 46 metros de altura e com a cruz, atingirá um total de 55 metros.
E a terminar, formulámos mais uma pergunta. Tem tido auxílios?
— Sim em especial da população e Governo Geral que concedeu um subsídio de 250.000$00. Depois urna pequena ajuda do Governo do Distrito, outra do Bispado da Diocese e mais uns quantos, pequenos. Mas a obra, vai andando.
E nós Cubalenses, sentimo-nos orgulhosos.


***
A cidade do Cubal está mais pobre
Há pessoas que pela sua projecção, a sua forma típica e a sua popularidade, se tornam como um “cartaz” vivo da uma cidade. São pessoas de tal forma conhecidas e influentes que passam a ser consideradas como uma “instituição” da terra. A expressão poderá ser um pouco exagerada na sua dimensão, mas no fundo temos de concordar que é assim mesmo. Isto vem a propósito de dois grandes homens, dois conhecidíssimos nomes na vida da Cidade do Cubal : os Srs. Jean Luc e António Cabral, pessoas muito estimadas por toda a população, dada a acção que ambos deram com o seu esforço para o desenvolvimento e projecção da cidade, que da lei da vida foram libertados. As suas figuras deixaram de aparecer nos lugares comuns e as suas vozes deixaram de se levantar para judicialmente focarem assuntos de capital importância para a urbe, mas as suas memórias perdurarão para todo o sempre nos anais gloriosos do Cubal.
Jean Luc - António Cabral — presentes.

****
O correspondente no Cubal do "Semanário Sul" era o Jugiba ou seja o nosso Gil Barros. Presumo que o texto terá sido por ele elaborado quando da publicação naquele semanário. Ruca

Pormenor dos anúncios publicados:
Foto 3
Faria Santos & Irmão, Lda


Foto 4
Farmácia do Cubal

Foto 5
A REPARADORA TRANSMONTANA
de
Raúl José Gonçalves

22 setembro 2010

Miss Cubal, Miss Ferrovia

Em 1º plano e junto ao microfone creio ser o Sr. Paulista, pai da Ana Maria, Dulce e Fernanda Paulista
por  Manuel Sampaio
Anabela Berrones Gomes - por Fernando Matoso
1.
Aventuro-me a dizer que a Miss Ferrovia é a amiga Paula Xavier. Será que estou errado?
Quem são as outras belezas cubalenses?
E que outros intervenientes conseguimos identificar?
Vejo o Viana em 2º Plano por trás das Misses.
Ajudem na identificação.
ruca

Participa no teu blog cubalense

21 setembro 2010

Homenagem à Cabeleireira Júlia - "Salão Marijú"

1.
A minha pequena homenagem à Cabeleireira Júlia autora do penteado
1.2
A minha pequena homenagem à Cabeleireira Júlia autora do penteado

Recordações cubalenses

1.
Mariana e Luisa
no Cubal
2.
Mariana Carracha Gonçalves
3.
Passagem de modelos Clube Recr. Cubal-Natália Gonçalves
3.1
4.
Professoras Primárias da Escola da Camunda
Luisa, Sofia e Mariana

19 setembro 2010

ENCONTRO 2010

A bondade do Ruca, em ter-me como colaborador, permite-me de vez em quando, vir aqui postar qualquer coisa.
Desta vez, não se trata de uma coisa qualquer, trata-se do Encontro, que fez 21 anos.
Estive lá e a opinião que aqui deixo é estritamente pessoal.
Espantosamente, continua a aparecer muita gente a quem tinhamos perdido o rasto e que de repente deram connosco. Foi muito emocionante.
Por outro lado, foi dos melhores Encontros de sempre. Toda a gente com uma atitude muito descontraída, que se prolongou madrugada adentro em clima de grande alegria e sorrisos nos rostos de todos. Eu diria, talvez exagerando um pouco como às vezes é meu costume que este encontro foi mágico. Talvez porque atingiu a maioridade e talvez porque todos os meus irmãos se deram como nunca.
Depois, tivemos a muito custo e a insistentes pedidos meus, o nosso queriod António Falcão. Ele não queria ir, dados os acontecimentos recentes, mas eu disse-lhe a verdade. Nós somos todos irmãos e é nessa qualidade, que estamos juntos nas alegrias e também na enorme perda que ele e nós sofremos.
E, finalmente porque cessado o trabalho desta Direcção se encontrou alguém de disponibilidade imediata e que mais uma vez nos dá a todos a certeza de que continuaremos a encontrar-nos uma vez por ano para sermos de novo, miúdos. pois é, o Juca Laranjeira está à frente daquilo que nos é a todos muito caro.
Obrigao Zé Lobo, Mimi e Sousa.

18 setembro 2010

Torneio de Tiro no Cubal

1
Entrega 1º prémio Senhoras
(imagem cedida por Mariana Carracha Gonçalves)
In Notícias Magazine-p.p.80, 11 Julho 2010

Um miminho para o blog...
um abraço
Francisca Isilda

Professores da Escola Primária Cubal - Angola 1971

1.
Passeio a Benguela com colegas.
Da esquerda para a direita:
Rosy(irmã da Olívia), Jacinta, Olívia, Mariana, Celeste, Luisa Ferreira e o saudoso Leonel.
2.

Fila de cima em pé:
Mariana, Esmeralda, Filó(faleceu pouco de pois em acidente a caminho de Nova Lisboa), Antonieta, ?.

Fila do meio em pé e da esq p/ dtª:
Anizabel ,Olga, Olívia,Jacinta, Leonel (falecido),director escolar (faleceu no acidente de avião no Lobito), Mª. Lurdes Villares,mãe da Mariana,Nazaré, Mº. Helena Sousa,Angelina.

Sentados e da esq. pa dtª:
Olívia Nunes, Mariazinha(irmã do Padre Zé), esposa do director da ESCOLA I.C. D.João II, esposa do administrador, esposa do director escolar,esposa do Prof Leonel com filha Carlita ao colo e Juca Queiroz.

Legendas da Profª Olívia Borges Abreu

15 setembro 2010

Belezas Cubalenses na Gelataria do Catorze

Quem não se lembra dos saborosos gelados "do Catorze" ?

Documentos históricos do Cubal

1. Basquete em 23-Fev-1964
2.Basquete em 17-Fev-1965
3. Casa do Zé Luís
4.CEQ 16-Abr-1961
5.Garotas -CEQ em 1961

Boas Ruca,
Não sei se sabes quem sou eu, porquanto sou um pouco mais velho que tu. Pertenço à turma do Henrique, Canais, Alberto Silva, Hónorio Campos, Falcões, Santanas etc, etc....Como visitei a nossa página e tendo em mãos estas fotos, estou-te enviando para alguém matar saudades.
Um saudoso abraço ao pessoal
Vitor Rodrigues (Algarvio).
*******************************************************************
O Vítor (Algarvio), privilegia-nos com 20 fotos sobre o Cubal nos anos 60. São excelentes documentos históricos, que terei o maior prazer em postar nos próximos dias.
As primeiras cinco fotos aí estão, no seu máximo explendor. Usufruam meus amigos!
Caro Vítor,
Mais uma vez te agradeço a preciosa colaboração. Continua sempre! Vem sempre ao nosso círculo de amigos.
Um abraço
Ruca

Júlio Gil Barros - Quem tanto fotografou o Cubal e Cubalenses.

Desta vez foi fotografado (com Raúl e Júlia)

Posted by Picasa

Passeio Domingueiro ao Aeródromo do Cubal





Posted by Picasa

12 setembro 2010

Concurso de vestidos de papel no Cubal

1.
2.
Concurso de vestidos de papel.
É a minha irmã Adriana Gonçalves, agora (Adriana Mota),
Ganhou o 1ºprémio desse concurso e na foto 2 pode ver-se que era feito com os panfletos que continham o programa das Festas do Cubal e a parte da frente são emblemas do CRBC.

Saudações Cubalenses!
Mariana

2.1
Pormenor

Família Campanhã e amigos

1.
Casamento João Mário Campanhã e...
Da esq. p/ a dir.: As pessoas q me lembra: A Dilinha e o pai Sr. Francisco, O Sr. Sérgio, esposa, a Aurora, O Sr. Francisco e D.Maria. o Sr. Amílcar Vinhais e o Sr. Manuel Valente e filhos q viviam no Lobito.
2.
João Mário
3.
4.
5.
6.
7.
8.

A Anunciação Campanhã, envia-nos estas belas imagens da sua família e alguns outros cubalenses.
Peço ajuda para a identificação
Obrigado São.
Um abraço
Ruca

09 setembro 2010

Documentos históricos- Certificado de Residência

1.
2.
A Mariana vem outra vez até nós, com belos testemunhos cubalenses.
Começamos por este curioso documento "Certificado de Residência".
Os outros publicarei brevemente.
Obrigado Mariana, por mais esta participação.
Rui (Ruca)

Família Campanhã

1.
Família Campanhã
2.
Pais e São Campanhã
3. Rui e São Campanhã

A São Campanhã presenteia-nos com belos testemunhos da sua família e outros cubalenses.
Começo por postar estas 3 belas imagens. Outras virão brevemente.
Obrigado São e participa sempre no nosso blog.
Rui (Ruca)